Posts recentes

A FRIGIDEIRA

Conta-se que um jovem, recém-casado, ficou curioso ao perceber a forma com que sua esposa colocava peixe na frigideira: cortava a cabeça e o rabo até quase o meio do peixe. Indagou-lhe porquê daquilo, ao que a esposa respondeu: “- Mamãe sempre fez assim e eu aprendi com ela..naturalmente, deve ser a melhor maneira.”

E assim, sempre que a esposa ia fritar peixe, procedia daquela forma. Afinal quem era ele para contestar os dotes culinários da sogra?! Num domingo, estando eles na casa da sogra – mãe dela – e a sogra sabendo que o genro querido gostava de peixe frito -, resolveu preparar um peixão para ele. Foi aí que ele percebeu que ela não cortava o peixe tanto como a esposa…que dissera ter aprendido com ela. Imediatamente, questionou, fazendo referência à forma de como a esposa fazia em casa. A sogra riu e lhe respondeu: “- Meu filho, eu sempre cortava o peixe daquela maneira porque, naquela época, a minha frigideira era pequena…só isso!”

Caro leitor o que você está fazendo sem questionar?

O que está repetindo sem pensar?

Que rotinas está mantendo simplesmente por hábito?

Em que aspectos de sua vida poderia buscar novas alternativas?

Pense nisso!

Abraços,

Yara Leal de Carvalho

yara@questaodecoaching.com.br

www.questaodecoaching.com.br

https://www.facebook.com/questaodecoaching

 

 

%d blogueiros gostam disto: