Posts recentes

Resenha – Empresários no Divã – como Freud, Jung e Lacan podem ajudar sua empresa a deslanchar.

capa empresários no divã fim.indd

Se você se interessa por compreender mais profundamente como o jeito de ser dos proprietários de uma empresa molda a evolução de seu empreendimento, Empresários no divã é um bom começo.

Este livro nos proporciona assumir a posição de observador diante de situações que são mais corriqueiras no mundo dos negócios do que se gostaria. Especialmente no âmbito das pequenas e médias empresas ou de instituições familiares, onde decisões e resultados estão diretamente relacionados com o psiquismo e a história de vida do empresário.

É com esta convicção que o autor, Luiz Fernando Garcia – empresário, psicólogo e psicanalista – inicia sua abordagem.

Com uma linguagem acessível, tomando o cuidado de esclarecer cada conceito psicanalítico no qual  se apoia, Luiz Fernando passeia pela história de empreendedores que conheceu ao longo de seu trabalho com Grupos Dirigidos de Psicodinâmica em Negócios,  contextualizando sua narrativa em bases reais.

Para quem atua numa organização com as características acima mencionadas ou empreendendo, não será difícil identificar semelhanças com situações antes observadas, ou mesmo perceber um pouco de si em alguns dos relatos.

Por ser um tema vasto, acredito que o autor procurou apresentar as questões que lhe pareceram mais recorrentes no cotidiano destes homens e mulheres de negócio, entre elas: sentir-se sobrecarregado quando seu par parece estar desfrutando sozinho das dádivas que um negócio próprio oferece; vida pessoal e vida profissional colidindo entre si; embates entre parentes, dentro e fora da empresa; organizações que geram muito trabalho e zero lucro e por aí afora.

Cada queixa ou conflito recebeu um capítulo específico, o que torna a leitura mais didática. Os conceitos também são trazidos gradualmente, subsidiando o entendimento da relação entre a queixa/conflito e o modus operandi do (a) empresário (a). Navega-se com tranquilidade ao longo das histórias e poderia ser um livro cuja leitura se esgotaria em uma tarde de descanso, não fossem as identificações que ocorrem no meio do caminho levando o leitor a comparações e reflexões que podem reter sua mente por um longo tempo em um único caso.

Este é um material que pode ser muito útil para consultores de qualquer área, profissionais de gestão de pessoas, psicólogos, coaches e, porque não, familiares e amigos de empreendedores, além dos próprios. Um pré-requisito para aproveitar o conteúdo desta obra: maturidade psíquica, visto que o conhecimento das peculiaridades da mente humana, dependendo de como for transferido à prática, traz resultados distintos, com consequências nem sempre benéficas.

Somo agraciados com o “caminho das pedras” em cada um dos casos relatados? Adivinha? Não. Porém recebemos um pequeno guia que nos alerta do que pode haver em territórios no qual pisamos quando embrenhamos pelo mundo organizacional. E isso por si já é de grande ajuda.

Boa leitura.

Obs.: Há uma outra obra do escritor – O Inconsciente na sua vida profissional – que aborda questões similares, sob uma perspectiva mais pessoal, da relação do indivíduo com o seu trabalho/emprego.

Título: Empresários no Divã – como Freud, Jung e Lacan podem ajudar sua empresa a deslanchar.

Autor:  Luiz Fernando Garcia

Editora: Gente

Ano: 2012

Márcia Fonseca

Psicóloga, Coach, Consultora e Docente na área de Gestão de Pessoas, atuando no segmento de serviços de saúde há mais de 20 anos.

 

 

(2) Comments

  1. Carlos Prado

    Olá Márcia, tudo bem? Adorei seu artigo. Me parece uma excelente bibliografia para colocar na minha lista de leituras Beijos e ótima semana! C.Prado.

    1. Yara Leal

      Olá Carlos, ai vai a resposta da Marcia ao seu comentário: Oi Carlos, obrigada pelo feedback. Então coloque em sua lista...nas primeiras linhas...valerá a pena. Um beijo e ótima semana para você também. Márcia

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


%d blogueiros gostam disto: