Posts recentes

POTENCIAL – COMO DETECTAR?

TALENTimagesCAQICA4U

No ambiente empresarial, avaliar potencial não é tarefa simples, uma vez que o desempenho passado, embora seja uma referência, não garante o sucesso futuro. O potencial tem a ver com o futuro e o desempenho com o passado. As duas coisas podem estar fortemente relacionadas quando o que se espera do profissional é bem parecido com o que ele já vem realizando. Acontece que, como na atualidade o que mais podemos esperar são as mudanças e um futuro incerto, nem sempre temos clareza de quais desafios os profissionais podem esperar. Nesse contexto avaliar potencial significa antever o quão determinado individuo é capaz de crescer e se adaptar às demandas que podem estar pela frente.

 

Algumas pessoas acreditam que o potencial não deve ser considerado de maneira genérica e sim analisado em relação a algo mais especifico, como por exemplo, as competências exigidas para ocupar determinado cargo. Tendo em mente uma determinada posição, é possível realizar uma observação fina das atividades rotineiras realizadas no presente pelo profissional e identificar alguns indícios das competências exigidas na ocupação futura. Além disso, pode-se expor o profissional a desafios que exijam novas habilidades e observar o seu desempenho, comparando com as exigências do cargo. Contudo decidir promoções com base somente nesse tipo de observação pode ser pouco para garantir sucesso. Captar sinais de competências que serão importantes no futuro faz sentido, mas será que só isso sustentará o desempenho ao longo do tempo nesse contexto de situações mutáveis?

 

Segundo Michael M Lombardo e Robert W Eichinger (Human Resource Management. Hoboken: Inverno de 2000. Vol. 39, Número 4; pág. 321) “(…) é aprendendo com a experiência que uma pessoa demonstra aquilo que denominamos alto potencial. Poucos argumentariam que o potencial pode ser detectado a partir do desempenho atual em uma área que a pessoa já conhece bem. A palavra potencial, de acordo com o Webster’s, significa “existente em possibilidade; capaz de se desenvolver efetivamente” portanto não pode ser plenamente detectado a partir do que a pessoa já consegue demonstrar, exigindo que a pessoa faça algo novo ou diferente. Em nossa definição, potencial envolve o aprendizado de novas aptidões (ou aproveitamento das atuais) para que se possa desempenhar em situações inéditas.”

Se a realidade é mutável, a característica que mais pode demonstrar potencial é a capacidade de aprender com a experiência, de forma rápida e alcançando resultados. O profissional que aprende todos os dias, utilizando esse aprendizado de maneira a atingir resultados, terá maior probabilidade de fazer isso no futuro, sejam quais forem as condições externas. Talvez a avaliação da capacidade de adaptação e aprendizado rápido, seja um indicador de potencial mais forte do que a demonstração de outras competências específicas.

Mais uma vez citando Michael M Lombardo e Robert W Eichinger : “À partir dos dados, podemos dizer que as pessoas que têm alta agilidade no aprendizado e, portanto, com alto potencial, são descritas como aquelas que:

  • buscam e têm mais experiências com as quais aprendem;
  • gostam de problemas e desafios complexos e inéditos associados a novas experiências;
  • tiram maior proveito dessas experiências porque têm interesse em delas extrair algum sentido;
  • e têm melhor desempenho porque incorporam novas aptidões a seus repertórios.”

 

Concluindo, o desafio para as áreas de Recursos Humanos e para os gestores é descobrir pessoas que tenham a capacidade de aprender novas habilidades e se adaptar às mudanças, de forma ágil e sempre com foco em resultados.

E você leitor o que pensa sobre isso? Compartilhe conosco sua experiência e/ou opinião sobre o tema!

Abraços e até o próximo post!

Yara Leal de Carvalho

yara@questaodecoaching.com.br

www.questaodecoaching.com.br

https://www.facebook.com/questaodecoaching

 

(6) Comments

  1. Carlos Perches

    Acredito que o potencial se manifesta pelos interesses de uma pessoa. Se ela demonstra interesse por alguma coisa, significa que aquilo está no futuro, pois ainda não foi realizado. No entanto, isso ainda é apenas uma manifestação. Para verificar se existe o potencial é preciso criar uma situação onde a pessoa vai desempenhar uma tarefa que é nova para ela, mas que ela tem interesse. Conforme os resultados observados durante essa simulação, poderemos inferir a existência de potencial. Exemplo: alguém diz que gostaria de exercer um papel gerencial, porém nunca teve oportunidade. É possível verificar se a pessoa tem potencial para o que deseja, criando-se uma situação para que ela possa apresentar os comportamentos esperados, e avaliar os resultados.

    1. Yara Leal - Post author

      Olá Carlos, fiquei contente em receber seu comentário. Você tem razão testar o profissional na situação que teria que enfrentar do futuro é uma boa opção. No mundo que vivemos onde não sabemos o que vem pela frente a capacidade de aprender rápido e se adaptar, também é um importante indicador de potencial. Continue sempre conosco, contribuindo com sua experiência e visão. Abrs,

  2. Fausto Duarte

    Yara, o tema continua intrigante e ainda em construção. Como você aborda, quando falamos de potencial, rapidamente nos lembramos de algumas teorias: a teoria do dom natural, a teoria da inteligência (QI), a teoria da formação acadêmica, a teoria da criatividade, a teoria dos traços de personalidade, a teoria dos tipos psicológicos, a teoria da competência, a teoria do work level (complexidade no trabalho). Gosto dessa visão mais pragmática (pé no chão), que é a conclusão do post: associar potencial com o desenvolvimento de novas competências (o velho e ainda bom CHA).

    1. Yara Leal - Post author

      É isso ai Fausto, quem possui facilidade para desenvolver novas competências e com agilidade acaba se adaptando a um maior número de situações e demonstrando com isso capacidade para assumir uma quantidade maior de posições no futuro. Abrs e esteja sempre presente por aqui!

  3. Rodrigo Leite

    Oi Yara, parabéns pelo post! Concordo com o desafio! Acredito que o maior desafio está no ego, pois de ambos os lados, seja no dos "potenciais" ou no dos "líderes", é preciso existir abertura de espírito para o novo, para o desconhecido. Aos líderes, admitir que há sempre evolução, que tudo muda, que deixar de evoluir é o mesmo que nadar contra a maré... Aos "potenciais", permitir-se realmente em aprender e ter gratidão, ter paciência de ouvir e realmente escutar... Temos sim, um grande desafio, como seres humanos em aprender a ser mais ao invés de ter mais... Tenho visto que este é um grande obstáculo quando tratamos de potenciais e de lideranças. Acredito também que a Educação Transformadora, pode realmente libertar-nos destas amarras. E que é nosso papel compartilhar estes passos do caminho. Muito obrigado por compartilhar conosco este belo artigo! Forte abraço!! Rodrigo

    1. Yara Leal - Post author

      Olá Rodrigo, que bom vê-lo por aqui, sua contribuição é sempre bem vinda! O desafio é enorme, mas a vida é feita disso: desafios, desafios a mais desafios! A necessidade de evolução é uma certeza e nós de RH sempre contribuindo para que a mudança continua traga benefícios para todos os envolvidos e para os resultados da empresa. Obrigada por comentar e compartilhar sua visão, abrs

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


%d blogueiros gostam disto: