Posts recentes

LIÇÕES DE VIDA

Comecei a ler o Livro Projeto Felicidade que é best seller nos USA, da autora Gretchen Rubin e logo no início me deparei com os Segredos da Vida Adulta – uma lista com os aprendizados que a autora teve a medida que amadurecia. Achei muito interessante e me senti motivada a escrever as lições de vida que já acumulei. Quando somos muito jovens não nos damos conta de que tudo é um aprendizado, mas à medida que amadurecemos ficamos mais sábios, ou seja, conseguimos transformar os acontecimentos e vivências em conhecimento e aplicá-lo de maneira vantajosa para nossa vida.

Aí vão as minhas lições de vida, são muito particulares, mas podem ser úteis para mais alguém:

  1. Tudo na vida são fases, então não vale a pena se desesperar porque vai passar!
  2. Confiar na sua intuição. Para mim sempre valeu a pena!
  3. Escolher as brigas em que realmente vale a pena entrar. Antes de começar uma discussão pense se a questão é realmente importante para você ou para a outra pessoa envolvida.
  4. Ter método e organização sempre me ajudou a obter resultados.
  5. Fazer o que tem que ser feito agora, deixa a mente mais leve. Diminuir as pendências causa alívio e despreocupação.
  6. Conviver com pessoas diferentes de você é muito enriquecedor. Dá trabalho, mas vale a pena.
  7. Frente a uma situação de pressão ou conflito, não agir imediatamente. Agir por impulso não dá bons resultados.  Com a cabeça fria a melhor opção de ação vai aparecer.
  8. Ter menos expectativas em relação às pessoas. Assim haverá a possibilidade de você se surpreender e provavelmente irá se decepcionar menos.
  9. Pedir desculpas e reconhecer seus erros é muito construtivo para os relacionamentos.
  10.  Não fazer as coisas pelos outros é menos estressante para você e mais enriquecedor para os outros.
  11. Colocar sua saúde física e emocional na frente de todas as outras prioridades da sua vida. Sem saúde todo a resto fica comprometido.  Em primeiro lugar tem que estar sua integridade física e mental e não sua família, filhos ou trabalho!
  12. Quando estiver levando algo muito a sério, se pergunte – Isso faz diferença para o mundo? – se a resposta for não, deixe para lá. Essa atitude ajuda a relativizar as situações.
  13. A beleza estética dos ambientes para mim é tranquilizadora e inspiradora. Incluindo-se a estética em si e também a organização.
  14. Os relacionamentos são fontes eternas de aprendizado. Ouça o que as pessoas têm a dizer e aprenda com isso.
  15. Ter a mente aberta, com menos certezas e mais dúvidas, te leva ao caminho do aprendizado constante. Ter muitas convicções exclui possibilidades enquanto ter dúvidas amplia as possibilidades.
  16. É importante criar novas opções de comportamento, mas copiar também pode ser uma boa estratégia. Nada como se espelhar em alguém que você admira!
  17. Caminhar sozinha propicia a reflexão e a multiplicação de ideias.
  18. Pagar para fazer uma massagem é um ótimo investimento quando o nível de estresse está muito elevado.
  19. O refrigerante do copo do meu marido é sempre melhor que o meu!
  20. Conforme amadurecemos temos menos ataques de riso. Tenho tentado rir mais e ter mais ataques de riso, cultivar esse hábito é saudável e relaxante.

Para mim o esforço para elaborar essa lista foi muito instigante e acredito que me ajudou a trazer para consciência esses aprendizados e tê-los mais vivos em minha mente. Também cheguei a conclusão que algumas das lições eu realmente já aprendi, enquanto outras ainda estou em processo de aprendizado e tenho certeza que daqui a algum tempo terei mais lições para acrescentar.

Desenvolver essa lista é uma forma de “tomar posse” de seus aprendizados e de deixá-los disponíveis para utilização sempre que necessário. Durante um processo de coaching esse pode ser um conhecimento importante, que poderá ajudar a resolver problemas e superar obstáculos. O levantamento dessas lições de vida podem ser efetivas tanto num processo de Coaching de vida como também podemos levantar nossas lições da vida profissional, que serão úteis para o desenvolvimento da nossa carreira, no Coaching de Carreira.

Desafio você a escrever sua coleção de lições, no mínimo garanto que vai ser divertido! Depois me escreva contando….

Abraços,

Yara Leal de Carvalho

www.asdp.com.br

(16) Comments

  1. Claudemir

    Parabéns pelo artigo e pelas reflexões. Você usou uma palavra chave que uso no meu doutorado aqui nos EUA: "conscientização". Estamos vivendo no "automático" o que faz esquecermos o valor das coisas. Parabéns e sucesso para você hoje e SEMPRE! Claudemir

    1. Yara Leal

      Claudemir, Realmente quanto mais tivermos consciência de nossos pontos fortes e fracos e de tudo que já acumulamos em termos de aprendizado, fica mais fácil fazer escolhas e tomar decisões. Grata por estar acompanhando o Blog e por ter gostado do artigo. Abrs

  2. Mariângela M.M.Moreira Porto

    Yara, achei muito interessante o assunto abordado em seu artigo. Acho q todos chegamos a 1 fase na vida em que selecionamos o q gostamos e nos dá prazer, q passamos a nos dedicar + a nós mesmos, q avaliamos os amigos e até parentes q valem a pena estar ao nosso lado,q buscamos paz interior e muita alegria exterior e eu, q fiquei doente e em repouso por 6 meses, sem saber o q iria acontecer comigo, e tive ajuda apenas da minha mãe, do Roberto e do Thiago e visita apenas de 1 prima e 1 primo,tirei grandes lições de vida c/ esse episódio: a vida está aí p/ser vivida da maneira q + nos dá prazer e faz feliz;não ligo p/o q pensam de mim;falo tudo o q quero, o outro gostando ou não;brinco,falo muita besteira e dou muita risada e por isso sou chamada de louca por alguns;não admito q ninguém + tente guiar a minha vida, me impedindo de fazer o q gosto e de conviver c/as pessoas q tenho carinho;qdo ajudo as pessoas, não espero nada em troca; amo minha mãe, o Roberto e o Thiago e somente me dôo p/eles.Se estou certa ou errada não sei, mas estou bem comigo mesma e talvez entre em outra fase de vida e mude e aprenda outras lições!!! Bjs

    1. Yara Leal

      Mariângela, Adorei a sisceridade e acho que você está certa. Conte comigo como amiga e continue sempre aprendendo mais, pois essa é a vida - Aprender, Aprender e Aprender! Bjs

  3. Maria Silvia Correa Kairalla

    Amiga, amei suas lições de vida. Acho que a vida é bem isso mesmo, reflexões e tentativas em acertos por onde vamos trilhando nossos caminhos. Tenho certeza que nossos objetivos de vida são muito parecidos, temos em tudo uma simplicidade sofisticada hahaha no que se refere a sinceridade. Essa que vejo muitas vezes tão longe da maioria das pessoas. Hoje com os meus queridos 52 anos, vejo que tenho muito a aprender ainda mas tb que a vida me ensinou muito e que cada vez mais mais tento curtir todos os momentos e avaliar com critério o que vejo. Tudo na vida passa mas nós continuamos e assim vamos até lá se sabe onde. bjos querida e parabéns

    1. Yara Leal

      Maria Pi, Você tem toda a razão, a vida é um eterno aprendizado, já agora - fazendo uso desse jargão! Mas é a pura verdade e é isso que vai dando colorido aos nossos dias. E também concordo que nosso jeito de ser é um simples sofisticado, na época da faculdade falavam que eu era hippie de Boutique - rsrsrsrs. Para mantermos uma amizade ha mais de 40 anos, com certeza nossos valores são bem parecidos! Bjs e obrigada por ter enviado seu comentário.

  4. Ana Angélica

    Yara, Adicionaria uma coisa que acho muito importante na sua lista, conviver com idosos. Convivo muito com idosos com histórias de vidas muito diferentes e muitos deles estão sempre muito dispostos a contar sua experiências. Digo para meus pacientes que com 26 anos, me considero uma pessoa privilegiada porque aprendi, ou julgo que já aprendi ou pelo menos faço idéia de algumas coisas eles me ensinam no dia-a-dia. Como o que é envelhecer, que não é um processo fácil, mas pode ser encarado de varias maneiras. E ai podemos colocar todos os itens de sua listas para ter uma velhice feliz!!! Bjos Ana Angélica

    1. Yara Leal

      Ana Angélica, Adorei sua sugestão. Realmente podemos aprender mutio com os mais velhos, e por vezes esquecemos disso e não aproveitamos a sabedoria que temos ao nosso lado: pais, avós e outros conhecidos. Vou incorporar esse seu aprendizado e procurar fazer com que ele também seja uma lição para mim. Muito grata pelo comentário. Volte sempre!

  5. parceriaadm

    Yara, achei muito boas as lições que você escreveu no texto. O tempo traz a possibilidade de aprendizado fantástica, que cabe a cada um de nós poder assimilar os ensinamentos. Agradeço teu comentário no meu blog (http://confortogostoso.wordpress.com/). Sempre que puder vou acompanhar seus textos e dos demais que escrevem. E continue colocando informações no Linkedin, pois foi por ele que cheguei neste blog. Abraços!

    1. Yara Leal

      Ricardo, o seu Blog é o confortogostoso? Que bom que você continua frequentando o Questão de Coaching, como sabe os comentários vão dando incentivo e inspirando. Que bom que gostou das minhas lições de vida. Abrs,

  6. maria de lourdes santos

    Amiga, como é interessante a distancia de pessoas queridas. convivendo todos os dias as vezes nao damos conta ou deixamos de perceber o quão são importantes essas pessoas para a gente. Voce é uma dessas poucas pessoas que eu ja gostava muito convivendo diariamente, agora então, te acho mais bonita, mais inteligente, muito mais. O artigo mexeu comigo, pq acredito em cada palavra que voce comentou. boora ser Feliz.... Parabéns Amiga, adorei. eu tb jamais vou desistir de Voce. carinho.bjus. Lu

    1. Yara Leal

      Lu, amadinha, também sinto muita falta da sua presença marcante e alegre, na minha vida diária. Mas amigos são assim é só agente se encontrar para sentir aquela velha sintonia, que a disntância não corta. Mas como somos de carne e asso, ainda não atingimos a santidade é bom agente dar um jeito de se ver..... Que bom que você gostou do post, continue acompanhado...Bjs saudosos

  7. Pingback: Aprendendo com as lições dos outros « Vida de Qualidade

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


%d blogueiros gostam disto: